Sanepar entrega prestação de contas em Chopinzinho

Por Edson Zuconelli quinta-feira, 10 ago 2017 10:52 AM

Fonte: Da redação, com informações da assessoria Sanepar.

O relatório de investimentos realizados pela Sanepar em Chopinzinho, nos últimos seis anos, foi entregue ao vice-prefeito Vanderlei Carlos Verdi pelo gerente da Sanepar, Aderbal Roncatto.

Vice-prefeito Verdi, ao lado do chefe da divisão de Planejamento, Jovani Martins, do vereador Daniel e do gerente Aderbal, comenta a conquista histórica nos indicadores de saneamento. Foto: Assessoria.
Vice-prefeito Verdi, ao lado do chefe da divisão de Planejamento, Jovani Martins, do vereador Daniel e do gerente Aderbal, comenta a conquista histórica nos indicadores de saneamento. Foto: Assessoria.

A prestação de contas mostra as obras, melhorias e ampliações executadas nos sistemas de abastecimento de água e de esgoto sanitário da cidade. A entrega foi feita durante o encontro da Sanepar com a comunidade, na noite desta terça-feira (08). Participaram do evento o secretário da Câmara, vereador Daniel Zanesco, secretários, vereadores, empresários, líderes comunitários e religiosos, representantes de entidades de classe e cooperativa e os moradores da cidade.

No evento, denominado Comunidade Sanepar, o gerente relatou as principais obras em andamento e a estrutura que a Sanepar tem em todo o Estado para atender os moradores da cidade com eficiência e qualidade. Destacou que, de 2011 até o fim do ano passado, a cidade recebeu mais de R$ 9,5 milhões nos serviços de saneamento prestados pela Sanepar. Dentre as principais obras estão à barragem e a captação no Rio Chopinzinho, a nova estação de tratamento e a implantação de mais dois reservatórios para armazenar 800 mil litros de água tratada. No sistema de esgoto foram implantadas e substituídas redes de transporte do efluente, totalizando mais de 14 mil metros de tubulações e executadas obras de melhorias no processo do tratamento do esgoto.

Aderbal falou ainda dos serviços prestados pela empresa, dos programas de investimentos e da tarifa social, dos indicadores de atendimento com água tratada e coleta e tratamento de esgoto. Segundo ele, a Companhia quer estreitar o relacionamento com seus clientes, esclarecer dúvidas e orientar sobre o uso racional da água e os benefícios do sistema de esgoto para a cidade.

Empresários, vereadores, líderes comunitários e moradores da cidade participam do encontro com a Sanepar. Foto: Assessoria.
Empresários, vereadores, líderes comunitários e moradores da cidade participam do encontro com a Sanepar. Foto: Assessoria.

O programa Se ligue nesta ideia, sem óleo na rede foi um dos destaques da apresentação. Aderbal apontou as maiores consequências do despejo do óleo de cozinha nas redes coletoras de esgoto, como o entupimento das tubulações, o mau cheiro e o comprometimento do processo de tratamento. Ele lembrou que a Sanepar tem um posto de coleta do óleo no escritório de atendimento ao público da cidade. É só guardar o óleo numa garrafa Pet e levar até a empresa. De lá ele será destinado para a fabricação de sabão ou para a produção de biodiesel.

O principal objetivo do Comunidade Sanepar é de ouvir as necessidades da população e esclarecer dúvidas. Após a apresentação, foi aberto espaço para questionamento dos participantes. Das questões levantadas, a maior parte dela diz respeito ao sistema de esgoto e à revisão tarifária aplicada pela Sanepar nas faturas de água e esgoto.