Justiça do Trabalho utiliza rede social para localizar trabalhadora com direito a pagamentos

Por Ivan Cezar Fochzato terça-feira, 28 nov 2017 08:36 AM

Fonte: Comunicacão do TRT-PR

Uma trabalhadora, atualmente residindo na Bahia, conseguiu receber os recursos de uma Ação de Consignação em Pagamento, após ter sido localizada em rede social[facebook] pela 2ª Vara de Pato Branco. A ação foi ajuizada pela Vibra Agroindustrial em julho deste ano, depois de diversas tentativas frustradas de localizar a ex-funcionária, que não retornou à empresa para receber os créditos referentes a férias vencidas e adicional por tempo de serviço.

Na expectativa de encontrar a credora e transferir os valores depositados em Juízo, a unidade judiciária utilizou todos os instrumentos de busca de endereço disponíveis para o Tribunal, incluindo consultas aos bancos de dados do Detran e da Copel, mas a trabalhadora não foi localizada. Foi então que um servidor da 2ª Vara de Pato Branco encontrou um perfil de usuário com o mesmo nome que a credora da ação e, por meio de troca de mensagens, conseguiu a confirmação de que se tratava da pessoa procurada.

A trabalhadora foi consultada sobre a possibilidade de receber o dinheiro mediante transferência bancária, uma vez que a viagem até o Paraná  consumiria praticamente todo o saldo consignado. Com a concordância, todos os detalhes foram definidos pela própria rede social e o crédito foi transferido em 31 de outubro.