Beto Richa garante obra de ligação asfáltica a Cel Domingos Soares, mas pede paciência

Por marco segunda-feira, 10 out 2011 03:00 AM

 

 


por Ivan Cezar Fochzato

 

Quando de sua visita a Mangueirinha, na última quinta-feira(06), o governador do estado, Beto Richa, foi questionado sobre o projeto de pavimentação da estrada que dá acesso ao município de Coronel Domingos Soares, único município do Sudoeste e um dos quatro que não possui ligação asfáltica.

O governador destacou que é uma obra que está em seu plano de governo, pois é uma rodovia necessária para o desenvolvimento regional. “Espero poder anunciar em breve este grande avanço para esta região. Eu só preciso  de um pouco mais de paciência; eu sei que é difícil pedir isso, mas a situação financeira do Estado ainda não é das melhores”, advertiu.

O prefeito de Coronel Domingos Soares, Mauro Correa,   destacou que a ligação asfáltica é um dos maiores sonhos da população e uma das principais metas ao longo de sua administração, e agora parece estar tomando o rumo certo. “Desde que assumimos sempre corremos atrás dessa ligação asfáltica, não só pra melhorar o aspecto visual do nosso município, mas pra que Coronel Domingos Soares possa se desenvolver com mais dignidade, mais oportunidades; para que novos investidores se interessem em vir para cá, que tenha mais empregos, mais famílias queiram morar aqui.

O prefeito citou ainda o apoio que tem recebido dos deputados e demais aliados, em torno desde projeto. ” Por isso sempre buscamos apoio nos deputados que são nossos amigos, aliados, como o deputado Valdir Rossoni, e hoje o governo está comprometido com isso e realmente estamos com esperança de que essa obra vai sair dos papéis e dos estudos para se tornar realidade”, comentou Correa, que manifestou ainda confiança nas palavras do governador em torno do projeto.

CORONEL DOMINGOS SOARES

 

Com  sete mil habitantes e com grande extensão territorial (1.557 km²), o município de Coronel Domingos Soares se desmembrou do município de Palmas e foi criado em 1995 e, se instalou em janeiro de 1997. A atual sede do município, única que não tem acesso asfáltico entre as 42 da região, virou distrito em 16 de setembro de 1963, pela Lei Municipal nº 129. A lei de criação do município é de 21 de dezembro de 1995, mas a população comemora o dia do plebiscito, 10 de dezembro.

 

Está situado no terceiro planalto paranaense, pertencente à região Sudoeste do Paraná, distante 32 km de Palmas, 120 km de Pato Branco e 410 km de Curitiba. Possui uma área territorial de 1.557 km², correspondendo a 0,77% da área total do Estado do Paraná.


Ao Norte, Coronel Domingos Soares faz divisa com Reserva do Iguaçu e Pinhão; ao Sul com Palmas; à Oeste com Mangueirinha e Clevelândia e à Leste com Bituruna. O município é composto de 17 comunidades, 07 assentamentos rurais, 01 vila rural e 01 distrito.