Indústria palmense alcança seu 2° melhor resultado em exportações desde 2005

Por Guilherme Zimermann quarta-feira, 08 nov 2017 13:19 PM

As exportações do setor industrial de Palmas, Sul do Paraná, atingiram o 2° melhor resultado dos últimos doze anos, no acumulado do período entre janeiro e outubro. De acordo com o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, o município exportou o equivalente a US$ 138.360.955,00 nos dez primeiros meses do ano. O melhor desempenho do setor foi registrado em 2005, quando foram exportados mais de US$ 148,6 milhões no período.

Comparado a 2016, as exportações cresceram 14,1%. Das três principais matrizes exportadoras do município, o setor frigorífico foi o que obteve o maior avanço em relação ao ano passado, +22,4%, contabilizando US$ 9,3 milhões.

O carro-chefe das exportações, a madeira compensada teve crescimento de 15,2%, gerando mais de US$ 107,4 milhões, com a comercialização de 210 mil toneladas.

Na área farmacêutica, a exportação da Heparina movimentou cerca de US$ 19,6 milhões, 9,75% mais que o registrado no ano anterior.

Além desses produtos, miúdos de animais, artefatos de uso doméstico, chapas de alumínio, madeira serrada, silicone industrial, papéis e cartões também têm participação nas exportações de Palmas.